Contato Portal do Corretor Portal do Cliente

Contato

Whatsapp

Telefone de contato: 62 3250-0404

Contato por whatsapp

Ligamos para você

Seja um Fornecedor

Vender um terreno

Marketing

Informe os seus dados e deixe sua mensagem

Revista Opus

Sustentabilidade Tecnologia Dicas Arquitetura Estilo Arte

Tecnologia, Dicas, Arquitetura

Museu do Futuro de Dubai: Como será a humanidade em 50 anos?

10/03/2022

Museus, pelo mundo todo, sempre são lembrados por suas exposições de artefactos e preciosidades que ajudaram a constituir o planeta em que vivemos hoje. Contudo, o Museu do Futuro, inaugurado em fevereiro de 2021 em Dubai, nos Emirados Árabes, vai de contramão nessa tradição.

A estrutura de arquitetura icônica promete prever como será o mundo em 2071, uma espécie de espelho para as perspectivas do mundo em futuro próximo.

museu do futuro dubai revista opus

Por dentro, o visitante vive experiências futuristas, exibindo e prevendo como a tecnologia pode melhorar e revolucionar a humanidade. Viagens pelo espaço serão sentidas por meio de exposições imersivas, com foco no desenvolvimento de recursos do espaço sideral, ecossistemas e bioengenharia, além de saúde e bem-estar, tudo isso por cerca de três andares do edifício.

Em outro andar, o Museu do Futuro busca mostrar as tecnologias que prometem revolucionar o mundo. Por fim, no último pavimento o foco são as crianças, onde elas podem explorar e resolver desafios à sua maneira para se tornarem "nossos futuros heróis". Um outro espaço é dedicado ao renascimento da excelência árabe na ciência e matemática, fazendo jus à sua fachada que contém caligrafia árabe na estrutura em formato de esfera vazia.

museu do futuro dubai revista opus

O Museu do Futuro não é apenas uma obra fenomenal de arquitetura, mas uma atração instigante para os visitantes que buscam respostas às várias questões referentes ao futuro da humanidade. Ele se constitui de tecnologias de realidade virtual e aumentada e inteligência artificial, que proporciona interação entre máquinas e humanos. Desde o conceito e em todas as suas experiências, o edifício busca fazer seus visitantes vivenciarem a humanidade em 50 anos.

Estrutura, arquitetura e design 

As instalações do Museu do Amanhã são grandiosas, de ponta-a-ponta. São, ao todo, 78 metros de altura com uma estrutura moldada em 2,4 mil placas de aço decoradas em versos árabes e é abastecido por 4 mil megawatss de energia solar. A estrutura não possui pilares e conta com sete andares.

Os versos árabes, descritos na fachada, dizem: “O futuro pertence a quem pode imaginá-lo, projetá-lo e executá-lo. Não é algo que você espera, mas cria.” Estas são poesias de Mohammed Al Maktoum, primeiro-ministro e vice-presidente dos Emirados Árabes Unidos.

Shaun Killa é um arquiteto renomado de Dubai e também o responsável pelo design. Para Killa, o projeto do museu visa representar a visão do futuro do Dubai e consiste em três elementos principais: a colina, a estrutura e o vazio.

museu do futuro dubai

“A colina verde representa a terra, com solidez, permanência e enraização no lugar, tempo e história... O edifício superior cintilante e futurista representa a humanidade, com toda a sua força, arte e capacidade de criar em harmonia com o seu ambiente circundante”, explica a agência de design de Killa. “Por último, o vazio elíptico na estrutura superior representa inovação. Isso é feito principalmente pela criação de um espaço vazio que mostra o futuro não escrito para o qual a humanidade e o mundo podem olhar simbolicamente.”

Os sete andares distribuídos nos 78m de altura foram construídos sem pilares internos, um espetáculo da engenharia. Isso foi possível graças à combinação de tecnologia e modelagem 3D, com o auxílio de centenas de engenheiros, construtores e artesãos da BAM International e BuroHappold, o principal empreiteiro e os consultores de engenharia do projeto, juntamente com muitos outros fornecedores.

Os painéis da fachada foram fabricados roboticamente; no entanto, foram instalados por homens suspensos por cordas. “Embora as formas do interior tenham sido modeladas em 3D, elas foram moldadas manualmente em gesso por centenas de trabalhadores com muito cuidado”, diz a Dubai Future Foundation, criadora do Museu do Futuro.

Sustentabilidade, um futuro presente

O Museu do Futuro foi desenvolvido com base nas diretrizes estipuladas pelo Green Building Council para a conquista do selo ambiental LEED. De acordo com o estúdio de arquitetura, os métodos pioneiros usados ​​na construção pretendem estabelecer precedentes para futuros projetos sustentáveis.

Entre as soluções aplicadas no projeto, está a geração de energia solar por meio de placas fotovoltaicas e a presença de estações de recarga para carros elétricos, tecnologias que vêm se destacando também no mercado brasileiro.

 

Compartilhar:

Voltar

Utilizamos cookies para oferecer a melhor experiência, aperfeiçoar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Antes de utilizar nosso site, leia atentamente nossa política de privacidade.